Drogas To Fora!

Barbitúricos

Home
Barbitúricos
Ansiolíticos
Inalantes
Lança-Perfume
Xaropes e Gotas para Tosse
Cogumelos
Cocaína
Maconha
Heroína
Chá do Santo Daime (Ayahuasca)
Merla
ANFETAMINAS - HISTÓRICO
LSD e Ecstasy
Crack
Ópio
Álcool
Fumo
Tranquilizantes
Yagé
ÁCIDOS
Cafeína
Anabolizantes
Skank

Barbitúricos


São os calmantes e sedativos, provocam alterações na capacidade de raciocínio, concentração e coordenação motora.
Quando ingeridos em excesso, afetam as funções do sistema cardiorespiratório, podendo levar ao coma.
Enumerando-se os efeitos provocados pelo uso abusivo e indiscriminado dos barbitúricos, temos:
- Dependência física (a administração repetida de barbitúricos cria, no sistema nervoso central, um transtorno fisiológico que obriga à continuação do consumo destas drogas para evitar o aparecimento da síndrome de abstinência)
- Dependência psicológica (o viciado fica obcecado em obter os barbitúricos, e persiste em usá-lo apesar do conhecimento prévio de que eles são nocivos física, psicológica e socialmente)
- Tolerância (são necessárias doses progressivamente maiores de barbitúricos para se gerarem os mesmos efeitos iniciais)
- Depressão do centro respiratório
- Depressão do sistema nevoso central (principalmente do hipotálamo, sistema límbico, córtex cerebral)
- Depressão dos centros termorreguladores localizados no hipotálamo
- Depressão dos centros vasomotores localizados na medula
- Redução do volume de urina, gerada por alterações hemodinâmicas no rim e também pelo aumento da secreção do hormônio antidiurético hipofisário
- Interferência na transmissão nervosa periférica do sistema autonômico ganglionar
- Interferência na liberação de neurotransmissores no sistema nervoso central
- Sensação de anestesia
- Vertigem
- Espasmo da laringe
- Potencialização dos efeitos do álcool e dos narcóticos
- Crise de soluço
- Sedação
- Redução da atividade motora
- Estimulação do sistema microssomial enzimático, aumentando a velocidade de degradação de várias drogas

Abstinência Barbitúrica
A síndrome de abstinência barbitúrica de moderada gravidade é representada pelo aparecimento dos seguintes sintomas:
- Hipotensão arterial na posição de pé.
- Transpiração excessiva
- Hiperatividade dos reflexos
- Náusea
- Vômitos
- Ansiedade
- Apreensão
- Taquicardia
- Tremor corporal
- Abalos musculares
A síndrome de abstinência barbitúrica de importantíssima gravidade é representada pelo aparecimento das seguintes manifestações:
- Convulsão
- Obnubilação
- Alucinações visuais
- Desorientação
- Delírio
- Estado parecido com o delirium tremens da abstinência alcoólica
(Fonte: Salvar o Filho Drogado - Dr. Flávio Rotman - 2ª edição - Editora Record)